Archive for 23 de Agosto, 2007

Coisas úteis para os dias que correm

Agosto 23, 2007

… a dúvida de hoje: “Como é que sabemos se os ovos que temos no frigorífico são frescos ou não?”

Depois de uma pequena navegação, encontrei este post: “Ovos Frescos“.

Fonte: Culinária daqui e d’ali.

Um Dicionário a consultar

Agosto 23, 2007

… visto no blog da Gitas: “Dicionário das Tias“.

Agora já ninguém pode dizer que não entende o que aquelas pessoas dizem, ou ao que se referem, quando falam entre eles…

Mário Cesariny

Agosto 23, 2007

este poema leva-me numa viagem no tempo, aos meus 18 – 19 anos, à Feira do Livro, quando comprei dois livros dele que depois dei a alguém, não me lembro quem. Espero que quem ficou com eles tenha gostado e via FOAF tenha dado-o a conhecer a outras pessoas.

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto tão perto tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco

David Mourão Ferreira

Agosto 23, 2007

Este poema traz-me à ideia uma encenação, duma companhia de teatro, duma das escolas onde andei…

O Corpo Os Corpos

O teu corpo O meu corpo E em vez dos corpos
que somados seriam nossos corpos
implantam-se no espaço novos corpos
ora mais ora menos que dois corpos

Que escorpião de súbito estes corpos
Quando um espelho reflecte nossos corpos
e num só corpo os dois corpos
ao mesmo tempo somos quatro corpos

Não indagues agora se o meu corpo
se contenta só corpo no teu corpo
ou se busca atingir todos os corpos

que no fundo residem num só corpo
sem pausa além do corpo
o infinito destes corpos

Eugénio de Andrade

Agosto 23, 2007

… este poema traz-me à ideia um professor, que eu tive, numa das escolas onde eu andei.

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer
.

Fernando Pessoa

Agosto 23, 2007

Este poema traz-me à ideia a bela da preguiça?

Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não o fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
O sol doira
Sem literatura.
O rio corre, bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa,
De tão naturalmente matinal,
Como tem tempo não tem pressa…

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto é melhor, quanto há bruma,
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças…
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

O mais que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças
Nem consta que tivesse biblioteca…

Basement Jaxx – Romeo

Agosto 23, 2007

Mais um belo de um vídeo a acompanhar uma bela de uma música… ou é ao contrário?

Parece que o vídeo não quer entrar, mas ele está aqui»

Junior Boys – Like A Child

Agosto 23, 2007

… porque me apetece ouvir».

Mas este é especial…

Pérolas da Blogosfera

Agosto 23, 2007

Saltitando de página em página, fui parar ao “Vendo a minha Mãe“, ficamos a saber o que se vende por ai e ainda por cima constatamos que se vende de tudo…

Aconselho vivamente a consulta diária deste blog.

Os jornais além das “gordas” e dos anúncios ditos normais, também têm estas pérolas… No nosso dia-a-dia esquece-mo-nos da sua existência, mas estão lá à nossa espera.

Vai um exemplo? Ok…

PS: Há pessoas que pagam para publicar isto?

Mais um link novo

Agosto 23, 2007

… ora ai está ele o « Lobomau ».

Aconselho uma visita demorada… Eu já me registei, dou um doce a quem me encontrar lá.